PPG-CDS: recursos de custeio e investimento

O PPG-CDS recebe da Capes, por meio do Programa de Excelência Acadêmica – PROEX -, a maior parte de seus recursos de custeio e investimento. Esses recursos são desembolsados diretamente pelo Coordenador do programa, sob supervisão e de acordo com as diretrizes traçadas por uma comissão formada por ele, outro professor do programa e um representante dos alunos. Atualmente, essa comissão é formada pelo Professor Fabiano Toni (Coordenador), pelo professor Carlos Saito e pelo discente Abner Calixter.

Os recursos do PROEX se dividem entre capital e custeio. Os recursos de custeio podem ser usados em diversas atividades, como por exemplo:

  • Financiamento de viagens de campo de alunos
  • Realização de eventos acadêmicos
  • Participação de alunos e professores em eventos científicos
  • Compra de material de consumo
  • Pagamento de taxas de publicação de artigos
  • Traduções de artigos e livros
  • Editoração de material de divulgação
  • Manutenção de equipamentos
  • Aquisição de licenças de softwares e aplicativos

Os recursos de capital podem ser utilizados na compra de equipamentos de pesquisa e didáticos.

O PPG-CDS tem priorizado o uso dos recursos de custeio no apoio às viagens de campo de nossos alunos. Os recursos de capital têm sido investidos prioritariamente nas suas de aula e no auditório do CDS, por meio da compra de equipamentos audiovisuais.

Além do PROEX, a Capes repassa ao PPG-CDS recursos do Programa nacional de Pós Doutorado – PNPD – destinados ao custeio das atividades de pesquisa dos bolsistas de Pós Doutorado.

Abaixo apresentamos o quadro de recursos repassados ao PPG-CDS desde sua inserção no PROEX, em 2015.